Skip to content

Blokus

2009/10/09
by

BLOKUS

Designer: Bernard Tavitian

Edição Analisada: The Green Board Game Co.

Análise de: Pedro Silva (Mallgur)

Jogar online: http://www.blokus.com/


BREVEMENTE:

Blokus é um jogo abstracto em que os jogadores tentam colocar as suas peças no tabuleiro de tal forma que vão aproveitando o espaço disponível e fechando alternativas aos outros jogadores. Quando um jogador não pode colocar mais peças, está fora do jogo e perde tantos pontos quantos os espaços no tabuleiro que as peças que lhe sobram ocupariam. O último a não poder colocar as suas peças normalmente é o vencedor. Se um jogador colocar todas as suas peças no tabuleiro ganha 15 pontos e se a última a ser colocada nesse caso for o quadrado de área 1, mais 5 pontos de bónus. As peças têm formas regulares, feitas de quadrados e ocupam uma área de 1 a 5 quadrados. Fazem lembrar muito as peças do Tetris.

É um jogo para 2 a 4 jogadores.

COMPONENTES:

O tabuleiro é funcional, em plástico, tendo as linhas dos quadrados em relevo de tal modo que as peças encaixam aí, o que impede que andem a deslizar pelo tabuleiro. As peças são de um plástico translúcido e em cores vivas o que faz com que o jogo seja visualmente muito agradável.

Pontuação: 4/5



REGRAS:

As regras são muito simples, ocupam uma folha de papel A5, mais ou menos, com imagens, exemplo e tudo. A introdução que fiz já diz quase tudo. Os pormenores são que se joga numa ordem pré-definida das cores (balelas, no fundo, porque, desde que se comece num jogador e depois se rode sempre no mesmo sentido também dá…), a primeira peça tem que ser colocada de forma a tapar um canto do tabuleiro (os jogadores ou cores começam assim em cantos opostos.), se jogarem só dois cada um joga com duas cores em cantos diametralmente opostos, se forem três a cor que sobra vai sendo jogada pelos jogadores à vez e, finalmente, as peças de uma cor não podem fazer contacto pelas arestas, mas têm que fazer contacto com pelo menos uma já existente no tabuleiro, da mesma cor, pelos cantos (pelo menos um).

É isto…

Não sendo complexas, estão bem explicadas e não há espaço para muitas dúvidas…

Pontuação: 5/5



JOGABILIDADE:

Eu gosto deste jogo a dois ou quatro. A três o jogo fica um bocado esquisito porque a cor que sobra não terá propriamente uma estratégia definida e andará a servir os interesses dos três jogadores alternadamente. Esta limitação de jogadores torna o jogo um pouco menos versátil do que seria desejável. Tendo em conta que existe uma versão para três jogadores, poderemos dizer que isto não é assim tão importante, mas aqui estou a falar deste isoladamente e não de uma série de jogos.

EQUILÍBRIO:

Sendo um abstracto de informação completa sem factores aleatórios, é obviamente equilibrado. O melhor jogador deverá ganhar, a não ser que exista conluio ou alguém se dedique mais a fazer um outro perder que ganhar ele próprio.

Pontuação: 5/5


SORTE:

Não há. Todos os jogadores têm as mesmas peças ao início e todos sabem que peças foram já jogadas. Cada jogador deve tomar as suas decisões, bloquear um ou outro jogador conforme os seus interesses ou por defesa, enfim. Cada um depende de si exclusivamente.

ESTRATÉGIA / TÁCTICA:

O jogo será essencialmente táctico. Naturalmente que um jogador deve pensar algumas jogadas à frente e tentar prever o que os outros irão fazer, mas isso muda constantemente ao longo do jogo. Definir que se vai tentar ir para o centro do tabuleiro o mais rápido possível, ou tentar rodear uma área para ter espaço para ir colocando as peças no final do jogo mais à vontade é quase a totalidade das decisões estratégicas que existem.

CONCLUSÃO:

É um jogo a ter em conta. Pode ser uma boa introdução aos abstractos por não ter uma grande profundidade estratégica e cada partida durar cerca de 20 a 30 minutos, mas se estivermos a falar de jogadores hardcore, então pode ser leve demais…

O factor do número de jogadores ser pouco versátil para o jogo funcionar bem será o seu maior “defeito”.

Não é o melhor abstracto na minha colecção, mas não será um jogo que alguma vez direi ser mau. Se estão a começar uma colecção, se podem jogar frequentemente com crianças ou com jogadores ocasionais, é um jogo a ter. Se já têm outros abstractos que vos satisfazem, se não precisam de um abstracto para iniciar ninguém, então há outros jogos que penso serem mais interessantes para comprar antes deste.

Espero que vos tenha sido útil.

Pontuação geral: 14/15


Nota: Convém esclarecer que as pontuações nestas críticas são dadas a aspectos que me parecem mais objectivos e quantificáveis. Se a sensação geral que obtêm desta crítica é que não acho o Blokus um jogo quase perfeito, e a pontução geral vos parece contraditória com isso, estão certos. Mas os aspectos mais frios desta apreciação, Regras, Componentes e Equilibrio, são realmente muito bons, quase perfeitos. A minha pontução no BGG (7.4 em 10) será mais adequada para terem uma ideia geral sobre a minha afeição ao jogo, isto porque a pontução no BGG é uma “medida” de quanto queremos e estamos normalmente dispostos a jogar um jogo, não propriamente da qualidade do mesmo.

Comentários Extra para o JogoEu:

Blokus é um bom abstracto. Creio que isso transparece no artigo original. Não será o meu abstracto preferido, mas é um bom jogo. Se fosse mais versátil com o número de jogadores (acho que só brilha mesmo a quatro), seria talvez dos meus preferidos. Assim, classifico-o com um 12  (0 a 20) (Interessante).

Advertisements
6 comentários leave one →
  1. abruk permalink
    2009/10/10 08:11

    Blokus é um dos meus jogos abstractos favoritos. Tem tudo na dose certa para ser um jogo que todos podem jogar, e de preferência várias vezes.
    O jogo é um absoluto sucesso junto de um público mais adolescente como já tive oportunidade de comprovar, e ainda não conheci ninguém que tenha chegado ao fim do jogo e não tenha gostado da experiência. Por isso, para mim, este jogo é um pouco mais que apenas interessante…
    Tenho muita curiosidade em testar o Gemblo, o “rival” da Schmidt Spiele pois o facto de possibilitar o jogo a 6 torna-o um bom jogo para grandes grupos.
    Uma vez mais quero agradecer ao Pedro Silva, que mesmo num período da sua vida com muito trabalho, não deixou de colaborar com o JE! Bem haja.

  2. !#ç@$ permalink
    2010/08/07 01:18

    Ninguém quer ver a análise e fotos dos outros jogando .Todo mundo quer jogá-lo.

  3. 2010/09/11 02:38

    QUero jogar!!!Pq vc nao dispoe o jogo on-line?

    • abruk permalink
      2010/09/11 08:24

      Poderás jogar aqui -> http://www.blokus.fr/online-game/

  4. Lucia maia permalink
    2017/04/12 01:49

    Quero comprar o jogo blokus para jogar fisicamente e não pelo computador. Onde posso encontrar para comprar?

    • abruk permalink*
      2017/04/12 08:21

      Olá Lucia,O Blokus é um jogo que facilmente encontra na Toys’r’Us.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: