Skip to content

New York 1901

2015/08/02

Sint-NY1901

Sinopse:

O objetivo de New York 1901 é ter mais pontos de vitória que os adversário através da compra e contrução de edifícios na famosa cidade norte americana. Os jogadores ganharão pontos extra se cumprirem determinados objetivos, uns secretos, outros comuns a todos os jogadores.

Como se joga:

  • Setup

No início do jogo coloca-se o tabuleiro no centro da mesa. Cada jogador recebe 1 marcador de pontuação, 18 peças arranha-céus, 1 ficha de troféu, 4 miniaturas de trabalhador, 3 cartas de ação, 1 cartão de personagem (aleatória).

Depois de ver a cor da sua personagem os jogadores colocam em jogo a sua peça arranha-céus inicial.

Baralham-se as cartas de lote e com elas forma-se um monte de face oculta (Mercado Futuro). Desse monte revelam-se 4 cartas de lote (Mercado Aberto).

Image Stephane Maurel

Baralham-se as cartas de Bónus de Rua e retiram-se 2 delas do jogo. As restante colocam-se ao lado do tabuleiro de forma a que todos os jogadores saibam quais as ruas que vão pontuar.

Baralham-se as cartas de Desafio, tira-se uma do baralho aleatoriamente e coloca-se ao lado do tabuleiro. As restantes cartas saem de jogo.

Ao lado do tabuleiro colocam-se também os arranha-céus lendários (4 fichas).

  • Desenvolvimento

O jogador mais jovem começa e continua-se por ordem de turno no sentido dos ponteiros do relógio.

O jogo decorre até que aconteça um dos seguintes eventos:

  • Um jogador só tiver 4 edifícios por construir; ou
  • Só houver 3 cartas visíveis no Mercado Aberto e o Mercado Futuro estiver vazio.

Em qualquer uma dessas situações todos os jogadores voltam a jogar mais uma vez à exceção do que despoletou o fim do jogo.

Na sua vez cada jogador tem de escolher uma das seguintes ações:

  • Comprar Terreno/Construir
  • Demolir/Reconstruir

Se tiver pelo menos 1 trabalhador pode optar por Comprar Terreno/Construir. O jogador retira uma carta do Mercado Aberto e coloca-a sobre o seu cartão de personagem. Em seguida coloca um dos seus trabalhadores sobre o lote que acabou de comprar.

Opcionalmente pode construir um arranha-céus que tenha e que respeite a geração tecnológica em que o jogador estiver (bronze, prata ou ouro).

Se, o jogador desejar realizar esta ação mas não tem trabalhadores, pode fazer apenas a ação opcional Construir, mas só nesta circunstância específica.

As gerações de arranha-céus

Todos os jogadores começam na geração de arranha-céus de bronze, quando alcançam os 6 pontos (10 no modo avançado) podem também construir edifícios da geração prata e finalmente, quando alcançam os 18 pontos (25 no modo avançado), podem também construir edifícios da geração ouro e arranha-céus lendários.

Image Vicent Dutrait

Regras para construir

Os edifícios têm de ser construídos adjacentes a uma rua (pelo menos 1 dos lados); mais que um arranha-céus do mesmo jogador pode partilhar o mesmo lote; um arranha-céus pode ocupar lotes de cores diferentes desde que estes sejam pertença do jogador que constrói; os arranha-céus não podem ser movidos depois de construídos; um edifício pode não ocupar todos os espaços do(s) lote(s) onde está a ser edificado; a construção de um arranha-céus lendário (geração ouro) exige que o jogador coloque a sua ficha em forma de troféu.

Depois de contruir, e antes de passar a vez ao jogador seguinte, avança-se tantos pontos quanto o valor do edifício construído e completa-se o mercado atual com cartas do monte do mercado de futuro.

 A outra ação disponível é Demolir/Reconstruir. Se optar por esta ação, o jogador retira de jogo, 1 ou mais dos seus edifícios no tabuleiro, e substitui-o(s) por outros de uma geração superior, isto é, se um jogador demolir um edifício de valor 2 da geração bronze, terá de o substituir por outro da geração prata ou ouro. É possível demolir mais que um edifício e nesses lotes vazios edificar apenas um edifício de geração superior.

Quando ao reconstruir o jogador deixar lotes seus completamente livres, terá de coloca sobre eles um dos seus trabalhadores para saber que esse(s) lote(s) lhe pertence(m).

Os jogadores podem construir apenas 1 arranha-céus lendário, para isso têm de ter alcançado a pontuação que lhe permita construir edifícios da geração ouro.

Todos os edifícios da geração ouro e lendários não podem ser demolidos.

O jogo termina quando se verificar uma das seguintes condições:

  • Um jogador tiver apenas 4 arranha-céus por construir;
  • Não for possível completar o mercado atual com 4 cartas de lote por o mercado de futuro estar esgotado.

Em qualquer uma das situações anteriores, todos os jogadores a seguir ao que despoletou o fim do jogo, jogam mais um turno.

A pontuação final obedece aos seguintes critérios:

  • 5 pontos para o jogador que tiver mais edifícios adjacentes a cada uma das ruas bonificadas (num total de 15 pontos) ;
  • Pontos pela carta de Desafio (pontuação variável).

O vencedor é o jogador com mais pontos no final desta contagem!

Avaliação:

New York é o primeiro jogo da Blue Orange vocacionado para um público mais familiar/juvenil.

Este jogo é a estreia do designer Chenier La Salle e a Blue Orange não mediu esforços para o rechear de bom material: miniaturas muito bonitas e qualidade geral acima da média; afinal este é o primeiro passo da editora num nicho de mercado que ainda não tinha explorado até agora.

New York 1901 não nega o seu pendor familiar, no entanto, entendemos que onde ele brilha verdadeiramente é entre o público adolescente. O jogo tem aquela particularidade de demasiado ligeiro para jogadores mais aguerridos e demasiado complexo para um público infantil logo o meio termo adequasse claramente aos púberes. Uma duração de jogo a rondar os 45 minutos eliminam a possibilidade de 0 tornar monótono e incrementam a tensão entre os jogadores, no afã de colocar os seus edifícios no tabuleiro com desenvoltura – o timing é pedra de toque em New York. Regras simples, tomadas de decisão balizadas e complexidade moderada são algumas das caraterísticas deste jogo que, em relação ao público a que se destina, assentam na perfeição.

Em suma, um jogo que merece ser reconhecido pela simplicidade das suas regras, por uma duração adequada e pela dose certa da componente estratégica. Um belíssimo jogo para jogar em família e entre adolescentes.

Ligações:

Site da Blue Orange AQUI

Ficha BGG → AQUI

Vídeo (Inglês) → AQUI

Comprar:

Philibert AQUI

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: