Saltar para o conteúdo

Silver & Gold

2019/08/16

Sinopse:

Todos os jogadores irão tentar preencher o máximo de cartas de tesouro com cruzes, usando as cartas com formas comuns a todos. O que melhor conseguir gerir os espaços das suas cartas de tesouro para aproveitar ao máximo as diferentes cartas de formas, terá mais hipóteses de preencher mais cartas de tesouro e assim ter mais pontos. O vencedor será o jogador que melhor conseguir aproveitar todas as potencialidades das suas cartas de tesouros e tiver mais pontos ao fim das 4 rondas que o jogo dura.

Como se joga:

⇒ Setup

Baralham-se as cartas de tesouros e distribuem-se 4 a cada jogador. Cada um escolhe 2 dessas cartas e coloca-as à sua frente voltadas para cima. As outras duas cartas colocam-se por baixo do monte de cartas de tesouro, que entretanto se coloca no centro da mesa.

Cada jogador recebe ainda uma carta de pontuação, onde irá anotar os pontos ao longo da partida (por moedas e palmeiras). No final do jogo irá anotar aí os pontos das suas cartas de tesouro completas e eventuais bónus. Recebe ainda um marcador.

Do monte de cartas de tesouro revelam-se as 4 primeiras cartas, constituindo assim o mercado geral do jogo. Ao lado do monte de cartas de tesouro colocam-se as cartas de formas (há 8 cartas dessas). Ao lado destes dois montes coloca-se a carta de contabilidade das rondas e bónus.

Para concluir o setup, define-se quem é o jogador inicial que revela-se a primeira carta do monte de cartas de formas.

⇒ Desenvolvimento

O jogo dura 4 rondas. Cada ronda está divida em 3 ações que se realizam consecutivamente:

  1. Revelar uma carta de forma;
  2. Marcar cruzes nas cartas de tesouro;
  3. Marcar pontos / Ir ao mercado (se aplicável).

1. Na ação de revelar carta de forma o jogador inicial revela a carta de forma do topo do monte das cartas de forma. As cartas de forma vão constituir um monte de descarte. Não é permitido ver as formas já reveladas dos turnos anteriores.

Atenção: O jogador inicial muda, no sentido dos ponteiros do relógio, depois de ter realizado esta ação por 3 vezes consecutivas.

2. Na ação de marcar cruzes todos os jogadores vão colocar cruzes com a forma da carta de forma revelada pelo jogador inicial.

Os jogadores têm de inscrever a forma revelada, marcando cruzes nas casas de uma das suas cartas de tesouro. A forma pode ser rodada 180º e/ou espelhada, mas tem de ser marcada por completo numa das cartas de tesouro.

No caso dos jogadores não poderem ou não quererem marcar a forma revelada, só podem marcar 1 casa numa das suas cartas de tesouro.

Casas especiais:

Cruzes vermelhas – quando alguém marca um cruz numa casa com o desenho de uma cruz vermelha pode imediatamente marcar uma outra casa, em qualquer uma das suas duas cartas de tesouro.

Moedas – quando alguém marca uma cruz numa moeda, marca de seguida uma cruz na sua carta de pontuação. Sempre na orientação de cima para baixo e da esquerda para a direito.

Palmeiras – quando alguém marca uma cruz numa palmeira, conta de seguida quantas palmeiras se vêem nas 4 cartas do mercado e soma mais a sua e marcam esse valor na linha correspondente à pontuação das palmeiras.

3. A ação marcar pontos / Ir ao mercado  só se realiza se os jogadores completarem uma carta de tesouro ou uma linha de moedas. Em qualquer dos casos os jogadores devem avisar todos os jogadores que o fizeram e, depois de todos terem realizado a segunda ação, no sentido da ordem de turno, os jogadores que tiverem cartas de tesouro completo, reservam-na e vão buscar uma nova ao mercado (das 4 visíveis ou 1 às escondidas do topo do baralho).

No caso de ser uma linha completa de moedas, os jogadores também devem avisar que o fizeram e, no sentido da ordem de turno, inscrevem o valor mais alto que estiver disponível nas taças que se vêem carta de contabilidade das rondas e bónus. Em seguida riscam esse valor na referida carta, tornando o valor para este bónus menos valioso para os jogadores seguintes a alcançá-lo. Quando não houver valores disponíveis, por estarem todos riscados, este bónus não se atribui.

Fim da ronda

Depois de reveladas 7 das 8 cartas de forma, a ronda termina. Risca-se o número da ronda atual na carta de contabilidade das rondas e bónus.

Baralham-se novamente as 8 cartas de forma e continua-se com o jogador inicial atual.

⇒ Fim do jogo 

O jogo termina depois de realizadas 4 rondas, ou seja, depois de reveladas 28 cartas de forma.

Em seguida contabilizam-se os pontos de cada jogador da seguinte forma:

  • Pontos por moedas
  • Pontos por palmeiras
  • Pontos pelas cartas
  • Pontos pelos bónus de cor

Quem tiver mais pontos é o vencedor! No caso de empate desempata-se por quem tiver mais cartas na seguinte ordem até desempatar: cinzentas, verdes, laranjas e roxo.

Avaliação:

Silver & Gold (SG) é um jogo editado pela NSV e lançado no decurso deste ano, da autoria de Phil Walker-Harding, um criador australiano sobejamente conhecido da maioria dos apreciadores de jogos em analógico.

SG apanhou boleia da trend Roll & Write, e cavalga nessa tendência vencedora que se vive atualmente no mundo dos jogos de tabuleiro, adicionando-lhe uma perspicaz mudança. O jogo não usa dados em vez deles traz um set de 8 cartas que geram todo o seu mecanismo. E embora seja uma nuance ligeira, faz todo o sentido em termos ecológicos e de durabilidade do jogo em si, em comparação com títulos que usam os tradicionais blocos em papel.

A sua qualidade sente-se imediatamente após a abertura da caixa. O toque do material é requintado e o impulso para o jogar é imediato. As regras simples e fáceis de explicar aligeiram o desígnio, e enquanto o diabo esfrega um olho, estamos embrenhados no afã de delinear a melhor estratégia para colocar os tetris revelados e recordar as formas que ainda não foram viradas!

A qualidade geral do conjunto é excelente, como já referi, as cartas feitas de um material plástico permitem uma reutilização intensiva sem mostrarem vestígios de uso, basta apenas um papel e algum cuidado no momento de as apagar. E por fim, a referência às canetas Faber Castell de tinta removível que acompanham o jogo: um primor que garante uma vida bem longa ao jogo!

O jogo combina flip & write e um quebra-cabeças ao estilo de tetris de uma forma muito consistente, pelo meio acicata-nos a memória adocicando ainda mais o conjunto. O melhor que poderia caraterizar a experiência de jogo de SG é a sua versatilidade e o facto de nos prender como um bom livro ou aquela música que segue em loop. Precioso!

Em resumo, um jogo portável, barato, com um bom equilíbrio entre sorte e estratégia e com um mecanismo simples, capaz de se explicar em poucos minutos, um produto excelente em termos de componentes e qualidade geral que se encaixa às mil maravilhas na mala de viagem! Qualquer ludoteca devia ter uma cópia de SG, ainda mais porque a NSV dedica um espaço no seu livro de regras para a tradução portugesa. Chapeau!

Ligações:

Site da NSV → AQUI

Ficha BGG → AQUI

Comprar:

Spiele-offensive  AQUI

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: