Saltar para o conteúdo

Cabo

2020/05/26

Sinopse:

Em Cabo o objetivo é terminar uma ronda com o menor número de pontos nas suas cartas. Ronda a após ronda os jogadores vão acumulando pontos e quando alguém ultrapassar os 100 termina o jogo, vencendo quem tiver menos pontos acumulados nessa altura.

Como se joga:

⇒ Setup

Baralham-se as cartas (52) e distribuem-se 4 a cada jogador. Essas cartas permanecem à frente de cada jogador com o dorso voltado para cima sem que se possa ver o seu valor.

O baralho restante coloca-se no centro da mesa e revela-se a carta do topo para formar o monte de descarte.

Antes de começar a jogar, cada jogador pode ver em segredo o valor de 2 das suas cartas e de seguida voltar a colocá-las na mesma posição de onde as retirou.

Começa o jogador mais novo.

⇒ Desenvolvimento

O jogo joga-se por rondas até que, no final de uma delas, alguém tenha ultrapassado o valor de 100.

Na sua vez o jogador tem 3 opções, dessas escolhe apenas uma:

  1. Biscar a carta do topo do baralho. Ver em segredo o seu valor e decidir se:
    • Revela o valor de uma das suas 4 cartas pessoais e substituía pela nova carta biscada, que permanece com o seu dorso voltado para cima, ocultando o seu valor;
    • Coloca-a no monte de descarte, com a face mostrando o seu valor para cima. Passa a vez ao jogador seguinte (à sua esquerda);
    • Coloca-a no monte de descarte e usa o seu poder imediatamente. Há três poderes disponíveis que são:
      • Peek – pode ver uma das suas cartas em segredo, voltando a colocá-la na mesma posição de onde a retirou;
      • Spy – pode ver uma carta de um adversário à escolha, em segredo, voltando a colocá-la na mesma posição de onde a retirou;
      • Swap – pode trocar uma carta entre dois jogadores (um desses jogadores pode ser ele mesmo).
  2. Biscar a carta de cima do monte de descarte. Revela o valor de uma das suas 4 cartas pessoais* e troca-a pela nova carta biscada que permanece com o seu valor voltado para cima.
  3. Diz: “Cabo”. Não faz mais nada e passa a vez ao jogador seguinte. A partir deste momento todos irão realizar o seu último turno.

* Caso especial:

Sempre que há lugar a fazer uma troca de carta entre o topo do baralho ou o topo do monte de descarte (opções 1 e 2), o jogador pode propor mais que uma carta das suas na troca, no entanto, as duas, as três ou até as quatro cartas têm de ter o mesmo valor. Se assim for, coloca-as todas no descarte e substituías pela nova carta. Se as cartas não forem todas iguais, o jogador volta a colocá-las na mesma posição e, como penalidade, adiciona a nova carta à área de jogo, ficando com mais uma.

⇒ Fim da ronda 

Após o final da ronda, todos os jogadores revelam as suas cartas que ainda tenham o dorso voltado para cima e somam os seus valores. Esses valores são anotados num papel, no entanto, há as seguintes exceções:

  • O jogador com menor valor tem 0 pontos nesta ronda.
  • Se o jogador que disse Cabo não for o que tem menos pontos, tem de anota os pontos que teve nas suas cartas e adicionar 5 pontos de penalidade a esse total.
  • Em caso de empate tem 0 pontos o que disse Cabo. Se nenhum dos empatados tiver dito Cabo, têm todos 0 pontos.
  • Kamikaze – alguém que consiga terminar com dois 12 e dois 13 não pontua e obriga todos os outros a pontuar 50 pontos.
  • 100 Exatos – Se no final de anotar os pontos um jogador perfizer um total de 100 pontos exatos, passa automaticamente para 50 pontos.

⇒ Fim do jogo 

O jogo termina assim que um jogador ultrapassar os 100 pontos. Ganha quem tiver menos pontos nesse momento.

Avaliação:

Cabo é um jogo de cartas orientado para jogar em família e num contexto relaxado sem grandes requisitos estratégicos.

A qualidade geral do jogo é normal, as cartas tem um aspecto plastificado, enquanto a caixa é feita de cartão, mas não parece que aguente muito o desgaste se for o caso disso.

As mecânicas do jogo acentuam a importância da memorização e da concentração, dando espaço também a alguma estratégia.

Cabo é um jogo para entreter com regras muito fáceis de aprender e de ensinar e que dispõe bem.

As ilustrações da versão da Smiling Monster Games não me convenceu particularmente, mas nada que interfira decisivamente na experiência globalmente boa do jogo.

Mais um jogo de cartas suficientemente diferente para merece umas partida!

Ligações:

Site da Smiling Monster Games → AQUI

Ficha BGG → AQUI

Comprar:

SM Shop  AQUI

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: