Saltar para o conteúdo

Crazy Fishing

2020/07/22
by

Sinopse:

O objetivo do jogo é apanhar os peixes mais valiosos do mar usando boas canas de pesca, para definir quem pesca primeiro, e isco de qualidade, para apanhar os peixes mais valiosos. Pelo meio há botas e outros objetos especiais que vão “apimentar” ainda mais a pescaria!

Como se joga:

⇒ Setup

Baralham-se os discos de peixe com a face oculta voltada para cima (indicação do intervalo de pontos que a carta contém). Os discos devem ser espalhados uns por cima dos outros de forma completamente aleatória, formando um “mar” cheio de peixes. A dois jogadores retiram-se os discos com o símbolo 3+.

Baralham-se as cartas de cana de pesca e as cartas de isco em separado e formam-se dois baralhos ao lado do “mar”. Cada jogador recebe 3 cartas de cana de pesca e 3 cartas de isco como mão inicial.

Há uma classe de discos de peixe chamados “Peixe Classe Mestre” que só devem ser adicionados ao jogo depois de se terem jogado algumas partidas e se dominar o jogo. O manual de regras traz uma explicação detalhada desses peixes.

⇒ Desenvolvimento

Uma partida é jogada por rondas e em cada ronda há 3 fases:

  • A – Arremesso
  • B – Fisgada
  • C – Recolher a linha

Na fase A os jogadores vão escolher a carta de pesca e a carta de isco que querem jogar durante a ronda para apanhar peixe. Há canas e iscos com o símbolo “+” (Hi-Tech), ao jogar este tipo de cartas podemos adicionar adicionar mais cartas desse tipo (canas ou iscos), contrariando a regra geral que determina que se jogue apenas uma de cada tipo.

Nesta fase todos jogam as cartas de forma oculta à sua frente. Se estiverem a jogar mais que uma carta de cada tipo, pelo efeito de uma carta Hi-Tech, devem sobrepor as cartas de forma a não dar a entender aos adversários que o que estão a fazer!

Depois de todos terem colocado as cartas na mesa, revelam-nas todos ao mesmo tempo. Quem tiver o valor mais alto nas canas de pesca é o primeiro a pescar. Se houver empate, ganha quem tiver o valor mais alto no isco entre os empatados. Se mesmo assim houver empate, cada jogador empatado vira uma carta do topo das cartas de cana de pesca e ganha aquele que tiver o valor mais alto. A ordem decrescente de valores obtidos determina assim a ordem de turno para a fase seguinte.

Há ainda cartas especiais de canas de pesca e de isco que o manual do jogo explica com muito pormenor.

Na fase B os jogadores, pela ordem obtida na fase A, vão retirar um disco de peixe do “mar”. O jogador com valor mais alto retira um disco do “mar” que esteja solto, ou seja, que não esteja coberto por nenhum outro disco. No caso de não haver nenhum disco nesta situação, o jogador que quer pescar baralha novamente o “mar” aleatoriamente de maneira a que haja condições de pesca!

Antes de passar a vez ao próximo jogador, quem pescou vira a carta de peixe para verificar se pode ou não ficar com ela (pesca). Se o valor do seu isco for igual ou superior ao peixe pescado, pode ficar com ele à sua frente, caso contrário, devolve-o ao mar, no mesmo local de onde o tirou. Cada novo peixe pescado é sempre colocado numa pilha única de forma a que só se veja o valor do peixe do topo dessa pilha, embora o próprio jogador possa ver todos os seus peixe a qualquer altura do jogo para controlar a sua pontuação.

Depois de todos estes passos resolvidos, o jogador descarta as cartas de cana de pesca e as cartas de isco para o respetivos descartes ao lado do “mar”.

A fase C é a última fase da ronda e só acontece quando todos tiverem tido a oportunidade de pescar (fisgada). Todos os jogadores biscam cartas de forma a voltarem a ter 6 cartas na mão. O tipo de cartas que escolhem para repor a sua mão é livre, no entanto, é importante nunca ficar sem pelo menos uma carta de cana e outra de isco!

⇒ Fim do jogo 

O jogo termina no fim da ronda em que o “mar” tenha apenas 5 cartas ou menos de peixe. Em seguida faz-se a contagem dos pontos: discos de peixe pescados mais bonificações por botas e pérolas pescadas. Vencem quem tiver mais pontos “pescados”.

Avaliação:

Crazy Fishing é um party game com mecanismos de push your luck e gestão de mão.

O material do jogo é de boa qualidade, o insert da caixa muito prático e funcional (talvez uma folga entre cartas fosse o ideal). A caixa do jogo é retangular, pequena e feita de um cartão muito duro e resistente.

A ilustração do jogo é interessante e completamente sincronizada com a temática do jogo.

A experiência de jogo é particularmente boa quando se joga Crazy Fishing com os mais novos. O jogo proporciona um bom ambiente, descontraído e cheio com muitos risos à mistura.

Crazy Fishing é um bom filler para jogar com amigos e com os mais novos!

Ligações:

Site da Devir Portugal → AQUI

Ficha BGG → AQUI

Comprar:

Loja Devir online  AQUI

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: