Skip to content

Basari: the card game

2014/10/24

Sint-Basari

Sinopse:

Em Basari todos os jogadores escolhem a sua ação em simultâneo de entre três possíveis. As ações só se realizam se formos os únicos a escolhê-las ou, no caso de sermos dois, conseguimos convencer o nosso adversário a abdicar dela a nosso favor. No final de 3 rondas o jogador com mais pontos vence!

Como se joga:

No início do jogo distribuem-se as três cartas de ação pelos jogadores de forma a que todos tenham as mesmas ações à sua disposição.

Entretanto cada jogador recebe 4 pedras preciosas de cada uma das 4 cores em jogo (azul<verde<amarelo<vermelho), organizando-as por ordem de valor: as 4 azuis em baixo, por cima delas as 4 verdes, por cima dessas as 4 verdes e por cima de todas as 4 vermelhas.

No centro da mesa coloca-se a carta com a relação dos valores de cada tipo de pedra preciosa, o stock das pedras preciosas devidamente seriadas e o deck com as cartas de bazar.

Image Jason L

Jogam-se 3 rondas. Após cada uma das 3 rondas há uma contagem de pontos. Uma ronda consiste em vários turnos. Cada turno obedece à mesma sequência:

  1. Cada jogador recebe uma carta de bazar
  2. Cada jogador joga uma carta de ação
  3. Executam-se as ações

1. Cada jogador recebe uma carta de bazar

Nesta fase do jogo todos os jogadores recebem uma carta do deck central e revelam-na à sua frente. À medida que o jogo se vai desenrolando, os jogadores vão tendo mais cartas na sua área de jogo pois nenhuma carta é perdida de turno para turno.

2. Cada jogador joga uma carta de ação

Secreta e simultâneamente, todos os jogadores escolhem uma carta de ação que só revelam quando todos tiverem uma carta à sua frente.

3. Executam-se as ações

Em função da escolha da carta ação que cada jogador tenha feito, procede-se à realização das mesmas, começando pela ação A, seguindo-se a B e finalizando com a C.

A ação A permite que o jogador tire uma carta do deck de cartas de bazar e a coloque na coluna de cartas da sua área de jogo. Esta ação permite aumentar o número de mercadores na área de jogo (a ronda termina quando alguém alcança os 15 mercadores). Cada carta de bazar pode ter 1 a 4 mercadores desenhados.

A ação B permite que o jogador ganhe os pontos desenhados na sua carta. Cada carta pode ter de 4 a 7 pontos. Os pontos são anotados numa folha a que todos têm acesso.

A ação C permite que o jogador ganhe as pedras preciosas desenhadas na sua carta. Cada carta pode ter de 2 a 4 pedras preciosas desenhadas e diferentes combinações de cores.

Image Jason L

Mas atenção uma ação só pode ser realizada quando apenas é escolhida por um jogador, que a executa livremente. Se dois jogadores jogarem uma carta de ação igual, terão de passar por um processo de negociação continuo até que um deles aceite a proposta do outro. A negociação faz-se com oferta de pedras preciosas. Começa sempre o jogador que possuir mais pedras vermelhas, se houver empate, é quem tiver mais pedras amarelas e assim sucessivamente até os jogadores desempatarem.

Para aumentar a oferta numa negociação, os jogadores podem aumentar o número de pedras oferecidas ou aumentar a qualidade das pedras oferecidas pelo adversário. Quando um dos jogadores aceita a oferta do adversário a negociação termina. O jogador que aceita a oferta recolhe as pedras oferecidas pelo adversário para a sua área de jogo. O jogador que vence a negociação executa a ação que deu origem à disputa entre os dois.

No caso de serem três ou mais jogadores a escolherem a mesma ação, a referida ação não se executa por ninguém!

Depois de todas as ações terem sido realizadas (ou passadas por excesso de procura!), as cartas de cartas de ação de cada jogador são recolhidas para a mão e a carta de bazar colocadas na coluna de cartas de ação.

Uma ronda termina quando um ou mais jogadores conseguem alcançar os 15 mercadores. Realiza-se a execução de todas as ações e só depois se conclui essa ronda.

O jogador com mais pedras vermelhas ganha 14 pontos e devolve metade das suas pedras (arredondado para cima) para o stock, no centro da mesa. Procede-se da mesma maneira para cada uma das outras cores (amarelas – 12 pontos; verdes – 10 pontos; azuis – 8 pontos).

Todos os jogadores com 15 ou mais trabalhadores ganham 12 pontos.

Em seguida baralham-se todas as cartas de bazar e recomeça-se uma nova ronda. Ao fim da terceira ronda o jogador com mais pontos ganha o jogo!

A 5 jogadores há apenas uma alteração às regras gerais:

Todos os jogadores recebem uma carta de ação D e quando um a joga sozinho pode entregar 1 pedra preciosa da sua área de jogo e tirar 2 do stock. Se houver mais que um jogador a escolher essa ação D, todos podem tirar uma pedra preciosa do stock.

Avaliação:

Basari é um jogo de cartas muito engenhoso e nos chama a atenção desde logo, por trazer um saquinho de pedras coloridas (plásticas) dentro da caixa.
O jogo inspira-se obviamente nos seus parentes Basari e Edel, Stein & Reich e cumpre a sua missão de nos entreter em volta da mesa de forma competente.
A sorte no biscar das cartas obviamente que enviesa algumas vezes os resultados finais, mas aparte esse aspeto negativo que deveria ter sido minimizado, o jogo flui muito bem.
As negociações podem ser por vezes um fator de menor fluidez dos jogos, aumentando o tempo de jogo para valores pouco convenientes a este tipo de oferta lúdica.
A qualidade geral do jogo é muito boa e a NSV está uma vez mais de parabéns por isso.
Um jogo barato e que agrada sobretudo a um público mais casual. Jogar antes de comprar.

Ligações:

Site da NSVAQUI

Ficha BGG  AQUI

Regras em inglês  AQUI

Vídeo inglês AQUI

Comprar:

Buecher.de AQUI

 

UGO! chega a mercados maiores

2014/10/23

A editora holandesa Play this one! saiu do anonimato no ano passado através do amplo destaque que a posição do seu jogo UGO! obteve na ordenação final da lista Fairplay – edição 2013.

Um ano volvido e a editora, que até lançou um novo jogo na edição deste ano da Spiel (RoboRama), acaba de anunciar que chegou a acordo com as distribuidoras Kosmos e Iello (alemã e francesa respetivamente) para distribuição do seu sensacional jogo de cartas.

Image Playthisone!

Aqui no JE já o testámos e gostámos muito! É com enorme agrado que vemos agora o jogo encaminhar-se para uma ampla difusão podendo conquistar o destaque que ainda não encontrou e que tanto merece.

As regras em português do jogo podem ser descarregadas AQUI.

Novo jogo Yucata

2014/10/21
by

No rescaldo de Essen 2014 o Yucata aproveita para lançar mais um jogo na plataforma de jogos online – Port Royal.

Image Yucata

O jogo foi implementado por Adrian Kügel. O jogo já mereceu o nosso interesse tendo sido publicado um artigo de análise.

Para quem quiser experimentar é por AQUI.

A lista dos hits – Essen 2014

2014/10/19
by

A revista Fairplay organiza todos os anos uma lista com os jogos mais apreciados pelos visitantes da feira.

Embora sempre falível, como é compreensível, este “pódio” dá para ter uma ideia daquilo que vale a pena experimentar.

Este ano a classificação ficou assim ordenada:

Foto Mac Gerdts

Desde logo destaque para Stefan Feld que consegue de novo colocar um dos seus jogos na lista e desta vez em primeiro lugar das preferências. Referência também para a What’s Your Game? que uma vez mais coloca o seu jogo num dos lugares cimeiros (3º) premiando a argúcia do editor.

Uma palavra ainda para a os belgas da Pearl Games que vão de vento em popa, editando todos os anos jogos muito apreciados, este ano o destaque coube ao novo DEUS; e para a Lookout Games que consegue colocar dois jogos na lista (Murano e Patchwork), assim como o designer francês Bruno Cathala que fez o mesmo com duas das suas criações – Abyss (Asmodee) e Five Tribes (Days of Wonder).

Quem merece um destaque especial é a pequena editora DLP Games e o seu mentor Reiner Stockhausen que todos os anos nos vai trazendo jogos muito interessantes. Este ano não fugiu à regra e o seu novo trabalho – Orléans – foi premiado com um fantástico segundo lugar no pódio.

Uma nota final para os jogos portugueses que este ano, aparentemente, não tiveram tanto destaque como em outros anos.

Para os que ficaram…

2014/10/16
by

Para aqueles, que como eu, o trabalho impede de estar em Essen nesta altura, há o contentamento de poder ir vendo fotos das novidades publicadas por diversos felizardos…

Outro motivo de interesse são as listas com a valorização dos jogos por parte dos visitantes. Há várias, mas a mais antiga é a da revista alemão Fairplay. Às 18:30 estes eram os jogos mais apreciados (apenas ordem alfabética):

  • 8-Minuten-Imperium
  • Absacker
  • Abyss
  • AquaSphere
  • Beasty Bar
  • Die Staufer
  • El Gaucho
  • Five Tribes
  • Frisch Fisch
  • La Isla
  • Machi Koro
  • Madam Ching

A seguir…

Essen 2014 – 15 a 19 de outubro

2014/10/16
by

A grande feira dos jogos de tabuleiro começou oficialmente hoje com a conferência de imprensa do diretor do evento: Dominique Metzler.

Segundo este a feira continua a ser um sucesso e este ano os número voltam a demonstrar tal constatação:

  • aproximadamente 850 novos produtos;
  • 832 expositores de 41 países;
  • 58000 m2 de área de feira (mais 10000 que no ano passado);
  • 150000 visitantes esperados

Entretanto começam a aparecer as primeiras imagens das novidades…

Créditos das fotos: Brettspielbox

Battle Sheep

2014/10/10

Sint-BS

Sinopse:

Battle Sheep coloca-nos no papel de um pastor que vai procurar colocar todas as suas ovelhas a pastar, concorrendo pelo espaço com os seus adversários. No fim ganha quem tiver conquistado mais hexágonos!

Como se joga:

No início cada jogador recebe 16 discos de ovelha na cor escolhida e 4 cartões de pastagem. Depois de escolher o jogador inicial, esse jogador começa por colocar um dos cartões de pastagem no centro da mesa seguindo-se os outros jogadores à vez no sentido dos ponteiros do relógio. Uma nova pastagem tem de tocar pelo menos num dos lados de um cartão já em cima da mesa.

Depois de todos os cartões terem sido colocados em jogo, formando uma grande área de pastagem comunitária, o jogador inicial pega nos seus 16 discos de ovelha (empilhado) e coloca-o sobre uma das casas fronteira da pastagem, seguindo-se os outros jogadores à vez e no sentido dos ponteiros do relógio.

O jogo desenrola-se por ordem de turno e cada jogador no seu turno tem de escolher um dos montes onde tem ovelhas das suas, pegar na quantidade que desejar desse monte (mínimo 1 disco, máximo todos menos 1) e deslocar essas ovelhas para extremidade das diferentes linhas que se possam traçar a partir do monte de ovelhas de onde está a partir. Um monte de ovelhas adversárias ou não constituem um obstáculo à concretização da regra anterior por isso funciona como extremidade, ou seja, sempre que um jogador não poder alcançar a extremidade oposta ao seu monte por encontrar fichas de ovelhas nessa linha, para junto a essas fichas (obstáculo).

BS1

Image rulebook

O movimento é sempre retilíneo não sendo permito zig zags no decurso do deslocamento.

Quando todos as ovelhas estiverem bloqueadas, ou não houver mais ovelhas para deslocar o jogo termina. O jogador com mais ovelhas distribuídas pela pastagem ganha o jogo. Em caso de empate ganha o jogador com o grupo de ovelhas maior (adjacentes umas às outras).

Avaliação:

Battle Sheep é um jogo abstrato originalmente editado com o nome de Splits em 2010 e que agora levou uma “pintura” temática relacionada com pastorícia. O resultado de tal mudança gráfica resultou numa melhoria notória na foram como se olha para este jogo, agora muito mais descontraídos e a apelar a um público mais jovem, no entanto… puro engano. Battle Sheep é um abstrato muito simples e engenhoso servido por material de elevada qualidade, uma caixa de cartão grosso com ilustrações muito agradáveis mas talvez desadequadas ao target que procuram alcançar.

As partidas são sempre muito tensas e rápidas e geralmente jogam-se sempre mais que uma seguidas.

Em suma, um bom jogo para introduzir abstratos com um nível de estratégia bastante interessante para quem quer conhecer este estilo!

Ligações:

Site da Blue OrangeAQUI

Ficha BGG  AQUI

Vídeo AQUI

Comprar:

Philibert AQUI

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 161 outros seguidores